Atualmente, a segurança da informação está em pauta na maioria das empresas, e isso se deve ao aumento do número de ataques por parte de cibercriminosos. Com isso, a busca por profissionais especializados se intensificou, e contar com certificações CCISO e CISSP pode ser um diferencial na hora da contratação.

No post de hoje, nós vamos mostrar a importância dessas certificações e quais são as capacidades e habilidades que são atestadas por elas. Vamos explicar também quais são os benefícios para o profissional ao buscar uma certificação e como se preparar para esse processo. Tome nota e boa leitura!

O problema

A tecnologia está presente em quase todas as empresas em atuação no mercado hoje. É difícil imaginar algum negócio que não utilize ou necessite de sistemas da informação para manter alguma de suas rotinas.

Contudo, a crescente dependência da tecnologia estimula o aumento de ciberataques por parte de hackers, que visam lucrar por meio do sequestro e roubo de informações, ou simplesmente querem prejudicar as empresas.

É nesse contexto que ocorre a valorização do profissional certificado, que busca, por meio de uma prova, atestar os seus conhecimentos em segurança da informação e prevenção de ataques.

As certificações CCISO e CISSP são duas das mais importantes. Saiba mais sobre elas abaixo.

O que é a certificação CISSP

A Certified Information Systems Security Professional é uma das certificações de segurança mais reconhecidas no mercado mundial e atesta suas habilidades em segurança da informação de sistemas.

No Brasil, existe um número muito limitado de profissionais certificados com a CISSP, o que significa que o campo de trabalho para esses especialistas é enorme, além da possibilidade de trabalho no exterior.

A prova de certificação contém cerca de 250 questões sobre oito áreas da segurança da informação, que devem ser respondidos em até seis horas. Seu nível de dificuldade é alto e, por isso, o candidato deve estudar muito antes de tentar obter o seu certificado.

O que é a certificação CCISO

Essa é uma certificação inovadora, responsável por atestar os conhecimentos específicos em segurança da informação de gestores e executivos da área.

Desenvolvida pela EC-Concil, o objetivo dessa certificação é repassar o conhecimento de profissionais com grande carga de experiência para as novas gerações de executivos de segurança da informação.

A prova é composta de 250 questões relacionadas a cinco domínios e tem duração de quatro horas. É preciso alcançar 70% de acerto para obter a certificação. É necessário ainda realizar a comprovação de cinco anos de experiência na área de segurança da informação.

Caso você ainda não conte com toda essa bagagem, é possível realizar uma certificação em Gestão da Segurança da Informação, por meio de prova com 150 questões e duração de duas horas, sendo preciso obter 70% de acerto para garantir o seu certificado. Essa opção serve como porta de entrada para chegar à CCISO.

Benefícios de ser um profissional certificado

Um especialista certificado, sobretudo com as certificações CCISO e CISSP, conta com uma série de vantagens em relação aos outros profissionais disponíveis no mercado. Vamos listar alguns dos principais benefícios de se certificar.

Valorização da carreira

Obter uma certificação valoriza a sua carreira e demonstra para o mercado que você é uma pessoa que busca estar atualizado constantemente com as mudanças que ocorrem na área da tecnologia.

Credibilidade no mercado

Estar certificado é dizer ao mercado que os seus conhecimentos são atestados por um órgão internacional que mede e qualifica profissionais no mundo todo, demonstrando a eficácia de suas decisões.

Conhecimentos aprofundados

É preciso estudar muito para passar em um teste de certificação. Os dois processos descritos neste post (certificações CCISO e CISSP) estão entre os melhores do mercado e, por isso, as exigências são altas. Com a carga de estudos vem o aumento dos conhecimentos acerca de segurança da informação.

Maiores salários e benefícios

Você pode possuir conhecimentos em segurança da informação, mas sem uma certificação que comprove isso você não será reconhecido. Os profissionais certificados possuem melhores salários e mais oportunidades no mercado de trabalho.

Como se preparar para a certificação

Agora que você já conheceu as certificações CCISO e CISSP, as principais na área de segurança da informação, e os benefícios que os profissionais certificados têm, é hora de passarmos algumas dicas para garantir sucesso na prova. Confira:

Associar-se ao PMI

O Project Management Institute é uma associação internacional de profissionais envolvidos com gestão e gerenciamento de projetos. Ela conta com mais de 700 mil associados no mundo todo e possui muitas informações relevantes para os seus estudos.

Possuir conhecimentos acerca do gerenciamento de projetos é importante para qualquer profissional de tecnologia. Não é necessário buscar uma certificação específica, mas é interessante manter uma familiaridade com o tema.

Montar grupos de estudo

Estudar em grupo é sempre melhor que sozinho, pois é possível discutir determinados assuntos, entender melhor o conteúdo e testar os seus conhecimentos.

Montar um grupo de estudo é simples e não precisa ser presencial, você pode buscar por outros profissionais interessados na certificação de sua escolha na internet e criar salas de bate-papo no Skype, por exemplo.

Realizar simulados

Estudar para uma prova é um grande desafio e mesmo que você tenha conseguido adquirir muitos conhecimentos pode ser que não esteja pronto para o teste.

Por isso, é necessário investir muito tempo na realização de simulados. Busque na rede por provas semelhantes e teste seus conhecimentos, marcando o tempo determinado para as avaliações.

Pesquisar cursos específicos

Muitas pessoas podem não ter tempo suficiente para buscar todo o conhecimento necessário, para garimpar informações na internet, ou economias disponíveis para investir em bons livros para se preparar para uma certificação.

Uma boa opção é buscar por cursos preparatórios, nos quais você poderá ter acesso diretamente aos assuntos cobrados nas provas e materiais específicos, aumentando as suas chances de aprovação em uma primeira tentativa.

Adquirir livros especializados

Existem no mercado uma série de publicações específicas sobre temas cobrados nos exames de certificação que podem ser utilizados como material de estudo para estar preparado.

É possível também encontrar publicações focadas exclusivamente nos testes como, por exemplo, o CISSP All-in-One Exam Guide, de autoria de Shon Harris, que auxilia na preparação do candidato para a certificação.

É claro que nem todos os profissionais contam com o tempo mínimo para realizar os exames e obter um desses certificados e esse pode ser o seu caso. Em situações assim você pode começar a se preparar e realizar certificações mais simples como a Security+ da CompTIA.

Esperamos que após a leitura deste post você possa ter entendido um pouco mais sobre as certificações CCISO e CISSP e escolhido qual delas é a melhor opção para a sua carreira.

Quer saber mais sobre segurança da informação? Então leia nosso próximo artigo sobre 5 ferramentas de análise de risco. Até a próxima!