O quanto você acha que a segurança da informação contribui estrategicamente para um negócio?

Se você respondeu que muito, então você está pronto para ajudar a sua empresa a proteger melhor seus dados, implementar um sistema mais seguro e ganhar a confiança que ela precisa para se destacar no mercado!

Neste artigo, vamos discutir melhor a importância de se monitorar a segurança da informação, seus benefícios e o que fazer para garantir uma operação mais confiável. Vamos lá?

A importância da segurança da informação no mundo empresarial

O surgimento de novas soluções tecnológicas vem obrigando empresas de todos os tamanhos e setores a realizarem uma transformação digital em seus processos e sistemas internos — uma transformação que passa por adoção de tecnologia na automação e virtualização de tarefas e ferramentas para aumentar a eficiência do negócio como um todo.

Um efeito colateral desse novo ambiente corporativo é uma preocupação maior com a segurança da informação: uma estratégia deficiente de proteção e pouco planejamento estrutural (tanto de hardware e software, quanto de parcerias de gestão) criam sistemas vulneráveis que podem até inviabilizar a operação da empresa.

O monitoramento de segurança é recomendado por alguns modelos baseados em normas com a ISO 27001 e PCI. Em geral, o foco é em 3 pontos básicos: integridade, disponibilidade e confidencialidade. A conformidade com esses aspectos garante continuidade do negócio, como a empresa deve agir em caso de incidentes para que tudo volte a funcionar o mais rápido e com o menor impacto possível.

Ou seja, a falta de monitoramento provoca uma incapacidade de gestão, impossível de ser feita sem indicadores. Uma boa segurança da informação hoje não é questão apenas técnica, é uma busca estratégica para se consolidar no mercado.

Os benefícios do monitoramento para a segurança de uma empresa

Mas quais são exatamente esses benefícios que um bom monitoramento de segurança da informação traz para uma empresa? Listamos as vantagens que vão muito além da simples proteção de dados:

Confiabilidade e disponibilidade

Dados seguros significam um sistema mais confiável. Essa máxima já foi experimentada e aprovada em diversos negócios que investiram em segurança da informação e receberam em troca processos mais estáveis, disponibilidade facilitada de dados e informações sensíveis e a capacidade de trabalho remoto com total controle de acesso, visualização e edição de arquivos sem riscos para a empresa.

Aumento da produtividade

E esse é o motivador principal para a otimização do trabalho dentro da empresa. Sim, segurança também gera produtividade! Isso acontece porque um bom monitoramento do sistema garante menos vulnerabilidades que, por consequência, significa menos tempo indisponível para manutenção ou recuperação de desastres.

Além disso, o controle de acesso através do monitoramento reduz a perda de tempo com o mau uso da internet por funcionários, que muitas vezes perdem o foco navengando em sites não pertinentes ao negócio e redes sociais.

Ajustes estratégicos

Além de facilitar o trabalho dos funcionários, a segurança da informação bem monitorada é também uma ferramenta para o gerente de TI e o resto da diretoria.

Quanto melhor o monitoramento, melhor é a estratégia de prevenção e mais rápida é a resposta a ameaças. É ainda a base  para implementar um processo de melhoria continuada, como o famoso PDCA (Plan, Do, Check, Act). Garantir um ciclo de iteração é uma forma de estar sempre à frente das ameaças.

Redução de custos

Por fim, o aumento da produtividade, simplificação de processos e mais tempo de sistema disponível resultam em economia para qualquer empresa. Por um lado, gasta-se menos com estrutura e combate a incêndios, por outro, aumenta-se a eficiência da operação.

Esse dinheiro a mais, inclusive, pode ser reinvestido na própria segurança da informação, como na compra de novos equipamentos ou na contratação de empresas especializadas. Assim, cria-se um ciclo virtuoso de monitoramento para uma empresa ainda mais competitiva.

Os riscos de não se ter uma estratégia sólida de segurança da informação

Outro aspecto a se pensar quando falamos da importância da segurança da informação é o conjunto de riscos inevitáveis ao qual se expõe uma empresa que não investe em monitoramento. Veja os principais deles:

Ameaças externas

A transformação digital trouxe um novo perigo com o qual empresas têm que lidar: o risco que ameaças externas oferecem à integridade do seu sistema.

Pode ser um malware vindo em um anexo não verificado, o acesso a dados sensíveis de um funcionário não autorizado ou até o ataque por ransomware, uma modalidade que vem preocupando profissionais de TI no mundo inteiro.

O monitoramento adequado do sistema é a única forma de diminuir a chance de eventos como esse prejudicarem a operação e as informações da sua empresa.

Perda de dados

Mas o problema pode vir até de dentro do sistema, seja por uma falha humana, seja por uma falha técnica. A perda de dados acontece por diversos motivos e, dependendo da importância dessas informações, as consequências podem ser desastrosas.

Monitorar a segurança também passa por esse tipo de atitude: ter um controle restrito sobre backups, protocolos de acesso e históricos de modificação para garantir um sistema mais confiável.

Quebra de confiança

Falando em consequências, problemas de segurança envolvendo informações de clientes, fornecedores e parceiros são o suficiente para manchar uma empresa para sempre. Monitorar a segurança da informação é a melhor forma de garantir uma empresa confiável e uma marca forte no mercado.

As melhores formas de monitorar a segurança da informação

É por todas essas razões que o poder estratégico de um gerente de TI cresceu muito nos últimos anos. Agora que a importância de monitorar a segurança da informação ficou clara, é hora de conhecer os três pilares para um monitoramento eficiente e produtivo:

Monitoramento centralizado

Monitorar com qualidade significa ter uma visão geral e um controle amplo do sistema em um só lugar. O primeiro passo para aumentar essa eficiência é investir em soluções que unifiquem todos os processos relacionados à segurança em uma única ferramenta integrada ao sistema.

Treinamento

Mais do que ter a tecnologia, é importante usar o máximo de seu potencial. O treinamento da equipe de TI, assim como de todos funcionários que utilizam o sistema deve ter um foco especial na segurança.

Comece por você, procure cursos certificados em segurança da informação e use esse novo conhecimento para planejar a implementação de novas políticas de proteção de dados e monitoramento dentro da sua empresa.

Parcerias tecnológicas

Por último, busque boas parcerias tecnológicas para ajudar a sua empresa a elaborar um plano de segurança e colocá-lo em prática. Mesmo que sua equipe seja muito competente, a complexidade do armazenamento e proteção de dados aumenta muito em empresas de médio e grande porte e essa solução pode se tornar o ganho estratégico que você busca.

Afinal, se destacar no mercado hoje não pode ser apenas uma questão de um bom produto e uma boa entrega. Sem um monitoramento eficiente de segurança da informação, é impossível melhorar a imagem do negócio e se destacar da concorrência. O que você está esperando para ajudar a sua empresa a crescer?

E se você gostou do artigo, assine a nossa newsletter! Você vai receber diretamente no seu e-mail notícias e novidades sobre segurança da informação, transformação digital e práticas de TI.