A prestação de serviços de TI está evoluindo cada vez mais, isso graças às novas tecnologias e a transformação digital. Hoje, seu provedor de tecnologia não precisa estar presente in loco para resolver seus problemas, é possível realizar tudo via SOC – Security Operations Center.

Esse novo modelo de monitoramento é focado principalmente em interações de forma remota, não sendo mais necessário que um técnico se faça presente a cada demanda, resolvendo tudo à distância.

Para falar um pouco mais sobre esse conceito, seus principais benefícios e qual a importância dessa nova realidade da TI para a sua empresa, criamos este pequeno post. Confira!

O que é SOC — Security Operations Center?

A sigla SOC em uma tradução literal pode ser entendida como centro de operações de segurança. Esse conceito está ligado a um ponto central de monitoramento voltado à segurança da informação.

Dessa maneira, ela tem como objetivo centralizar todas as demandas de proteção aos dados de uma empresa, centralizando o monitoramento de todos os ativos de TI e mantendo o ambiente seguro. Entre as atividades desenvolvidas por um SOC podemos destacar:

  • prevenção ─ agir de forma preventiva evitando ameaças que possam colocar as informações da empresa em risco;
  • detecção ─ identificar riscos potenciais nos processos e encontrar formas de evitar sua ocorrência;
  • respostas rápidas ─ encontrar soluções adequadas de forma rápida para qualquer incidente que venha a prejudicar as operações da empresa;
  • avaliação de vulnerabilidades ─ realizar um monitoramento constante de todos os processos com o intuito de identificar e tratar de qualquer vulnerabilidade.

Um centro de operações de segurança realiza o monitoramento de todas as atividades de rede, servidores, banco de dados, aplicativos, terminais, sites e quaisquer outros sistemas em uso na empresa.

O SOC é responsável direto por manter sua empresa segura contra qualquer ameaça que possa surgir, verificando todos os incidentes, garantindo sua identificação, análise, defesa, investigação e relato detalhado.

O Security Operations Center pode ser implementado diretamente pela empresa, dentro de seu ambiente interno, ou repassado por meio de acordo a um terceiro, especializado em segurança da informação.

Para realizar a sua implementação é preciso utilizar um software de SIEM, uma ferramenta para a realização de gerenciamento de eventos em segurança da informação.

Qual é o seu principal uso dentro de uma empresa?

Por mais que sua equipe de TI afirme que sua empresa está segura, sabemos que a evolução da tecnologia, além de contribuir para a expansão dos mercados, também trouxe consigo uma série de brechas a serem exploradas por pessoas mal-intencionadas.

O aumento de ataques de hackers contra empresas aumenta a cada ano e muitos deles encontram o sucesso, vazando informações sensíveis ou manipulando dados.

Por conta disso, cada vez mais é necessário investir em segurança da informação e a busca por uma consultoria especializada por parte de profissionais com know-how na área e experiência para lidar com os mais diversos tipos de situação.

Para uma resposta rápida e efetiva a melhor opção é um Security Operations Center, no qual, profissionais especializados em segurança da informação estarão sempre prontos para agir.

Um SOC é uma área operacional voltada exclusivamente para garantir a segurança da informação de todo o ambiente de TI existente em uma empresa. Diversas normas e regulamentos exigem a existência desse centro de monitoramento.

Em abril de 2018, o Banco Central emitiu a resolução n° 4658, na qual demostra a necessidade dos bancos e instituições financeiras de implantarem um SOC em resposta aos incidentes cibernéticos que têm ocorrido nos últimos tempos.

Quais as diferenças entre SOC e NOC?

Existe uma confusão comum quando falamos em SOC, que é a troca de conceito com o NOC, Network Operations Center. Mesmo que o papel e a forma de atuação sejam semelhantes, os dois atuam em áreas separadas.

O NOC é responsável por realizar toda a gestão relacionada a rede e conexões utilizadas dentro da empresa, uma área que também é muito sensível e carece de atenção.

O que ocorre é que muitas vezes o NOC assume a segurança de rede, o que seria papel do SOC, um centro especializado nessa área. Isso pode trazer um risco para as suas operações.

O ideal é sempre manter as duas áreas bem separadas. O NOC agilizando todas as questões relativas apenas a rede e conexão, enquanto que o SOC viabiliza e monitora as ações de segurança.

Como funciona um SOC?

Em vez de manter o foco no desenvolvimento de estratégias para a segurança, criação de arquiteturas de proteção ou implementação de medidas para controle, a equipe do SOC se responsabiliza por um componente contínuo de segurança da informação.

Toda a equipe do centro de operações é formada basicamente por analistas especializados em segurança, que buscam juntos identificar, analisar e responder a qualquer incidente, relatando seus resultados de forma detalhada após sua intervenção.

Existem alguns serviços de Security Operations Center que contam com recursos adicionais como análise criptográfica, engenharia reversa de malwares, e técnicas forenses para identificar melhor os incidentes.

Para se implantar um SOC com sucesso, o primeiro passo é definir uma estratégia com vista aos objetivos de negócio de sua empresa e todas as informações geradas em cada departamento, assim como as ferramentas utilizadas.

Uma vez que a estratégia tenha sido definida, busca-se então criar a infraestrutura para a implementação do Security Operations Center. Nesse ponto, pode-se ter o auxílio de uma consultoria especializada de segurança da informação, que pode também fornecer o SOC.

Quais os benefícios de um sistema de SOC?

Existem uma série de benefícios ao se implementar um SOC em sua empresa. Vamos listar agora alguns dos principais entre eles. Veja a seguir!

Segurança

A maioria das empresas não tem como o seu core business a segurança da informação. Esse ponto é uma necessidade. Ao optar por implantar um SOC, sua empresa poderá contar com profissionais especializados no assunto monitorando de forma remota todo o seu ambiente de TI.

Recuperação de dados

Entre as rotinas realizadas pelo SOC, pode estar o monitoramento ou a realização de backups constantes de todos os seus dados, o que garante uma rápida recuperação de informação caso algum evento inviabilize suas operações, minimizando assim o tempo de retorno.

Redução de custos

Realizar a contratação de profissionais especializados em segurança para atuar in loco em sua empresa tem um alto custo. Caso a segurança da informação não seja o foco de seu negócio, isso pode inviabilizar uma contratação como essa para monitoramento 27×7. Ao implantar o SOC, você pode reduzir custos de segurança, além de melhorar o serviço.

Monitoramento preciso

Outro ponto tratado como uma das maiores vantagens do SOC é o monitoramento preciso de todas as atividades e processos de TI. Encontrando assim oportunidades de melhoria que podem ser utilizadas, e também ameaças que devem ser corrigidas antes de causar qualquer problema.

O SOC — Security Operations Center é a melhor forma de buscar prover a segurança da informação de forma eficaz dentro de sua empresa. Contudo, deve-se sempre buscar as melhores parcerias para obter um serviço de qualidade.

Gostou deste conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Então deixe um comentário neste post! Nossos consultores vão adorar responder aos seus questionamentos!